Deixe um comentário
Mais Novidades da RedBox: "Vertigo" RPG

E pouco depois do comunicado que você viu na ultima noticia,outra novidade foi publicada, como continuação as novidades da RedBox. Agora existe um projeto que por enquanto só é identificado como Vertigo (ainda não existe um nome definitivo pra ele), em referencia à editora de HQ sombrias, como Constantine, Monstro do Pantano,  Vampiro Americano dentre outros
Nas palavras do próprio Del Debbio: “Trata-se de um jogo de terror/fantasia urbana contemporânea, que recebeu o nome provisório de projeto Vertigo. O jogo, que está sendo desenvolvido por mim e pelo Luiz Claudio “Thordezilhas” Gonçalves, juntamente com o Dream Team da Redbox (Antonio Sá Neto, Dan Ramos, Rafael Beltrame, Igor Moreno e Felipe Shingo Watanabe), parte da seguinte premissa: como seria jogar como John Constantine?"
Imagine você tendo que lidar com essa gangue de sacizeiros zumbis

Calma, leitores, ainda tem mais coisa boa por aí.

O projeto Vertigo tem diversas inspirações. Por se tratar de um jogo de ambientação contemporânea, as nossas fontes de inspiração são, também, contemporâneas.

Na literatura, temos como norte os autores Neil Gaiman e Stephen King. No cinema, os filmes Arraste-me para o Inferno, Invocação do Mal, Innkeepers, Sobrenatural e Evil Dead. Na TV, as séries Arquivo X, Supernatural (somente até a quarta temporada, claro), Millennium e Twin Peaks. Nos quadrinhos, toda a linha Vertigo, em especial Hellblazer, Sandman e Livros da Magia.

O sistema será totalmente novo e original, com mecânicas e possibilidades inovadoras. Diferentemente do Old Dragon e do Space Dragon, o projeto Vertigo não usará o d20 system como base, mas sim um sistema que apresenta duas características fundamentais: camadas de personagem e árvores de talento.
No decorrer das próximas semanas manterei vocês atualizados e darei maiores detalhes a respeito do sistema, do clima de jogo e de tudo o mais que ele envolve, mas uma coisa é certa e já posso adiantar: o livro será no formato A5 que tanto gostamos.”

Ok, faz sentido terem deixado o d20 de lado,por que até onde eu saiba, nenhum jogo de terror com d20 deu certo. O próprio sistema não combina com o tema, sua mecânica não permiti os riscos de morrer ou pirar rápido, algo que é facílimo com o Gumshoe e outros. Mas agora me veio uma dúvida :

Esse cenário realmente é necessário? O não falta são esses "cenários sombrios". O Mundo das Trevas da White Wolf já foi todo reformulado e está disponível aqui no Brasil. Existe os Rastros de Chthulu ,que apesar da maioria das aventuras se passar na década de 20, 30, dá pra ser adaptada aos dias de hoje. Até a própria RedBox/Daemon tem o seu Trevas.Deve ter outros que não estou lembrado agora, mas se você tá nesse hobby a uns bons anos como eu,deve saber também. Será que eles não estão se arriscando com um produto que pode ser "mais do mesmo"? 
   
Acho que só o futuro dirá,conforme as noticias forem chegando e a partir delas, as informações a cerca da ambientação e das regras do sistema mostrarem se este jogo realmente vale a pena,ou será dispensável. Por enquanto fico aqui só,na minha ,mas bem atento.