As mecânicas de Origens,a nova série de Magic!-Parte 1

Deixe um comentário

Uma nova série de Magic está para ser lançada em breve – Origens. O tema, como o próprio nome sugere, está centrada na origem de cinco Planeswalkers: Gideon, Jace, Liliana, Chandra e Nissa. Vamos dar uma olhada na dinâmica deste série. E pra começar com o pé direito, vou dar enfoque na principal inovação dessa edição

 PLANESWALKERS DUPLA FACE !

Vou começar com a grande novidade dessa edição. Os cinco Planeswalkers que eu mencionei antes aparecem em Magic – Origens na forma de cinco cards dupla face – a face mostra os personagens como criaturas lendárias, enquanto o reverso os mostra como Planeswalkers. Esses são os cards que mostram suas centelhas se acendendo. Tudo bem. Face e reverso. Sem verso. Bem estranho, né?



Cada lado tem seu próprio conjunto de características – nome, tipo, subtipo, habilidades, custo de mana (ou nenhum custo de mana, no caso do reverso) etc. Quando um card dupla face não está no campo de batalha, você considera apenas as características da face. Assim, se você conjurar uma mágica que permite que você procure um card de criatura em seu grimório, você pode encontrar Liliana, Curandeira Herege.

Um card dupla face entra no campo de batalha com a face voltada para cima por padrão. Isso vale quer o card entre no campo de batalha depois de ser conjurado ou de qualquer outra forma, como ser colocado no campo de batalha por um card como Ressurgir da Cova. (Você consegue imaginar trazer Liliana de volta como zumbi? Ah, isso seria épico!) Você não pode conjurar o lado Planeswalker desses cards.

Todas essas criaturas lendárias têm uma habilidade que as exila e devolve ao campo de batalha transformadas, o que significa com o lado Planeswalker (o reverso) voltado para cima. Como qualquer Planeswalker que entra no campo de batalha, eles o farão com um número de marcadores de lealdade mostrado no canto inferior direito. Observe que esta forma de "transformação" é um pouco diferente do que você pode ter visto previamente em cards do bloco de Innistrad.

Você pode ativar uma das habilidades de lealdade dos Planeswalkers durante sua fase principal no turno em que eles entram no campo de batalha, como de costume. Mas cuidado: Se o Planeswalker entrar no campo de batalha em algum momento que não seja a sua fase principal (como durante um combate), seu oponente pode ter a chance de removê-lo antes que você possa ativar uma de suas habilidades durante sua fase principal.

Você pode ativar uma das habilidades de lealdade dos Planeswalkers durante sua fase principal no turno em que eles entram no campo de batalha, como de costume. Mas cuidado: Se o Planeswalker entrar no campo de batalha em algum momento que não seja a sua fase principal (como durante um combate), seu oponente pode ter a chance de removê-lo antes que você possa ativar uma de suas habilidades durante sua fase principal.

Embora as duas regras sejam similares, a "regra das lendas" e a "regra da singularidade dos Planeswalkers" afetam tipos diferentes de permanentes. Você pode controlar Liliana, Curandeira Herege, e Liliana, Necromante Insolente, ao mesmo tempo. Contudo, se Liliana, Curandeira Herege, for exilada e entrar no campo de batalha transformada, você controlará duas Planeswalkers com o mesmo subtipo. Uma será colocada no cemitério.

COMO INSERIR CARDS DUPLA FACE NO SEU DECK:

Você tem duas opções ao colocar cards dupla face em seu deck: Você pode jogar com protetores de card opacos (talvez você já faça isso) ou você pode usar um card curinga, mostrado abaixo. Há cards curinga em alguns boosters de Magic – Origens.

Usar protetores opacos é bastante simples e direto. Coloque o card no protetor com o lado criatura à mostra e tire do protetor se ele entrar no campo de batalha transformado. Você pode deixar o card fora do protetor enquanto ele não for para sua mão nem para seu grimório. O importante é que você e seus oponentes não consigam saber a diferença entre aquele card e outros cards em sua mesa ou seu grimório.

O card curinga tem um verso normal escrito Magic, e é assim:


Para usar o card curinga você precisa ter o card dupla face original. Separe seu card dupla face e marque na lista do card curinga o nome do card que ele está representando. Tome cuidado para não marcar o verso de seu card curinga. Em torneios, mantenha seus cards dupla face separados de sua reserva para não serem confundidos com esta.

Apenas cards curinga oficiais podem ser usados para substituir cards dupla face em um deck. Se você usar um card curinga para representar qualquer dos cards dupla face de seu deck, terá de usar cards curinga para representar todos eles.

Você usará o card curinga em qualquer momento em que seja importante manter a identidade de seu card em segredo – em outras palavras, quando ele estiver em seu grimório, em sua mão ou exilado com a face voltada para baixo. Você o substituirá pelo card dupla face quando o card estiver na pilha, no campo de batalha, no cemitério ou exilado com a face voltada para cima.

A qualquer momento em que um card dupla face estiver visível – seja por estar em uma zona pública, por ter sido revelado ou por ter sido visto por um jogador como efeito de uma mágica ou habilidade – os jogadores que podem vê-lo podem ver ambos os lados. Qualquer jogador que possa ver um card curinga em uma zona oculta pode olhar o card dupla face que ele representa.

DRAFTS DE CARDS DUPLA FACE

Se você entrar em um draft – e você deveria mesmo participar de drafts –, pegar um card dupla face funciona de forma ligeiramente diferente do draft de qualquer outro card. Diferentemente dos outros cards em seu deck, os cards dupla face são visíveis para as outras pessoas no draft. Você não pode tentar escondê-los. Você pode colocá-los em sua pilha de cards do draft com a face ou o reverso para cima. Não recomendamos explosões de alegria, mas rir consigo mesmo é tranquilo.