Seguidores

Por quê não participo mais de fóruns e grupos de RPG

Deixe um comentário


Resultado de imagem para meme desisto de falar

Antes de mais nada, tudo aqui é mero achismo. Criei essa postagem pois já me perguntaram muito sobre, portanto fica aí para constar e comentar meu desânimo com os atuais grupos e fóruns de RPG. 
Quando se trata de RPG, sempre fui muito entusiasmado. Quando comecei a jogar a única forma de falar sobre era com meu grupo; era o final dos anos 90 e inicio dos 2000, a internet não era acessível pra maioria da população e a Internet parecia que era movida a vapor!
*Na verdade, até hoje é assim, mas naquele tempo? Tinha gente que ainda se espantava com a ideia de ter um computador em casa!
Então ficava tudo que a gente criava entre nós: cenários, monstros novos, regras – as de ouro, as ignoradas e as que a gente interpretava errado – e tudo mais que todo grupo de RPG faz. Mas com a internet vieram os chats, as listas de email, chats, fóruns e saudades,claro, do Orkut (que na verdade, era um mega fórum disfarçado de rede social!). 
Sou grato por essa época ter existido, pois graças as discussões ideias e mesmo jogos que rolavam dentro deles, me ajudou muito a expandir, a entender e criar muita coisa. Quando novo, perguntei muita pergunta idiota nesses grupos e sim, sempre houveram respostas mal educadas, porém a grande maioria respondia coisas de grande valia.
Apesar de irregular, o blog não me permite ficar 100% desatualizado do mundo rpgístico. Aliás, com esse bando de grupo de RPG que existe no FB, minha timeline pipoca de mensagem.Mas o que eu vejo me dá um desânimo absurdo: Os grupos que eram para discutir, ajudar e criar material “rpgístico” virou – em sua grande maioria mas não todos – uma vila de trolls.

Respostas aos novatos:

Eu fico pasmo, de verdade, com a grande quantidade de respostas grosseiras por parte dos rpgistas – que se auto intitulam veteranos – para os mais novos e/ou desinformados.
Lógico, tem pergunta ali que, meu deus, dá vontade de se matar ali rapidinho e voltar. Lógico, é legal zoar um pouco (e quem nunca sacaneou um novato que atire o primeiro D20). mas essa galera HUEhue BR, BR se passa demais com essa história de "a zoeira não tem limites". Caramba, aposto com você que se demora muito mais tempo elaborando uma resposta grossa que copiar o link da resposta – que geralmente tá lá em cima, eu sei  – que o infeliz nem teve o trabalho de pesquisar antes. 
Ou melhor ainda. Se você não está disposto a responder algo, então NÃO RESPONDA!
Sério: Muitos se dão o trabalho de responder “Krl, sabe usar o botão pesquisar não seu lxo? HUE!”, mas não tem 5% dessa vontade para fazer uma crítica construtiva, opinião ou ajuda num post mais relevante ou de perguntas que realmente valem a pena responder.
Levantando esses pontos, quem é mais animal aqui? O burro que pergunta ou o cavalo que dá esses coices? 
Resultado de imagem para reflitam meme
Sim, gosto de memes...

Falta de apoio

Sei que nem tudo que se posta é pra curtir, é pra comentar, mas complementando o tópico anterior, vejo muita gente cheio de ideias: vídeos de RPG, blogs de RPG, campanhas online, podcasts, encontros e NEM UM MISERO LIKE na postagem. 
Agora, vai esse falar um “pobrema” ou colocar uma virgula errada… Chove uns 13.579 comentários negativos.
Sabe, as pessoas estão produzindo material que antes você tinha que pagar. E não se engane achando que o material pago era melhor! Vi muita revista aparecer, sumir (ou alguém aqui lembra da Dragão Dourado?) e olha, muita coisa produzida que não fazia sentido, era desbalanceado em termos de regra ou simplesmente era...ruim. Mas eu comprava,digo pegava emprestado dos que compravam, pois era o único referencial.
Não dói, nós sabemos, (até por qque se você viu a virgula errada e o "pobrema" ou "agenti", é porque você leu o conteúdo), dar um like ou falar: poxa, que maneiro.
Dá pra perceber essa discrepância assim no blog. Se posto uma zueira nos grupos, o acesso e comentários e likes no FB é absurdo. Agora, quando posto um ótimo material, não gera nenhum ou poucos likes. Rafaela postava aqui sobre Boargames, mas o feedback era medíocre. Ora, como que vou “segurar” um escritor que não é pago nem tem um feedback? Vou entender então que vocês não querem mais um blog de RPG, mas sim OUTRO blog de zueira e de tirinhas? 
Aí depois vem gente comentar:"nossa, BR não faz nada. Aqui é muito atrasado em questão de jogos e RPG." 
Por que será, né?
Rage e Ego
Eu não sei qual é dos RPGistas, mas aqui o povo tem um ego inflado demais. Galera dá “rage” em tudo! 
Uma postagem sobre sei lá, raças de Tormenta, os planos de Planescape (que alias tem disponível aqui pra baixar viu?) ou qualquer outra tópico pode virar um post sobre como o cara é um ignorante imbecil ou, em casos extremos, sobre como o cara fez um Chapéu Mexicano na mãe de alguém*!
Negão, se o cara tá falando bobagem, aponte o que você acha certo (de forma civilizada, óbvio), mostre o porque você acha que está certo com argumentos racionais e acabou! Ninguém é, errado ou não, obrigado a concordar. Não é ser santo ou não debater, mas sim agir de forma produtiva. Meter a mãe no meio ou o que você no meio da mãe do cara , ou que você já fez um karaizilhão de e-books (dos quais ninguém liga) não vai adicionar nada à duvida de quem perguntou. Pelo contrário.
*Não sabe o que é um Chapéu Mexicano?Fraco!
Isso porque nem vou entrar em assuntos como “Qual melhor rpg?" ou "Qual a pior classe?"
Ou a pior de todas: "Qual a melhor edição de D&D?"
Resultado de imagem para civil war meme
Nem botei as edições. Qualquer uma que você ponha vai causar uma puta confusão!
Tem mais inúmeros tópicos, mas prefiro parar por aqui só pra não dar “rage”. Mas volto a enfatizar: A maioria dos grupos de RPG, hoje, perderam o foco e, com isso, perdi o tesão de frequentar suas paginas. 
Uma pena, ainda tenho muita merda pra perguntar...