De New World of Darkness para Chronicles of Darkness!

Deixe um comentário

As Crônicas das Trevas

Caso tenha perdido, a White Wolf Publishing é propriedades da Paradox Interactive há uns dois meses. A produtora de video-games sueca anunciou a compra da empresa, bem como das linhas do Mundo das Trevas e Exalted – anteriormente propriedade da CCP Games – em Outubro deste ano. Este anúncio deixou fãs e desenvolvedores sem idéia de qual seria o próximo passo. No dia 11 de Dezembro, na Tenebrae Noctis, uma convenção de fãs da White Wolf, foram reveladas maiores informações. Lá anunciaram o estado atual e o que eles almejavam fazer com os vários Mundos das Trevas que estão sendo atualmente publicados.
A White Wolf Publishing – que não é a mesma White Wolf original, mas ainda assim é uma empresa com uma galera com bastante qualidade – vai seguir com o planejamento anunciado até agora e trabalhar com a quarta edição das linhas do antigo Mundo das Trevas, a começar com o Vampiro: a Máscara.
White Wolf Publishing

Já as linhas que compunham o Novo Mundo das Trevas serão tocadas pela Onyx Path Publishing, conforme diz o anúncio oficial deles:
A Onyx Path Publishing e a White Wolf Publishing têm orgulho de anunciar que a série de linhas de produtos previamente conhecida como Novo Mundo das Trevas passa agora a chamar-se Crônicas das Trevas (Chronicles of Darkness, no original). As linhas que compõem esta linha são: Vampiro: o Réquiem 2ª Edição, Lobisomem: os Destituídos 2ª Edição, Mago: o Despertar 2ª Edição, Promethean: the Created 2ª Edição, Changeling: os Perdidos 2ª Edição, Hunter: the Vigil 2ª Edição, Geist: the Sin-Eaters, Mummy: the Curse, Demon: the Descent e Beast: the Primordial, bem como quaisquer projetos vindouros e linhas de jogos (da Onyx Path).
Segundo a própria Onyx Path:
Porque, vamos lá, a separação cWoD (Mundo das Trevas clássico ou antigo)/nWoD (Novo Mundo das Trevas) sempre foi esquisita de explicar: como havia dois deles, mas o segundo não era uma nova edição, mas sim toda uma reimaginação. Um outro WoD que poderia ser palco de histórias igualmente envolventes, mas com regras, temas e toda uma cara diferentes. Muito confuso!
A Onyx Path Publishing ainda vai continuar com as edições comemorativas de 20º Aniversário dos jogos do Mundo das Trevas e com a linha Exalted.
Enquanto o “novo” Mundo das Trevas será renomeado para As Crônicas das Trevas, as linhas desenvolvidas diretamente pela White Wolf Publishing serão conhecidas, simplesmente, como O Mundo das Trevas. Não haverá mais esta história de “novo” e “antigo” ou qualquer outro adjetivo para definir os títulos. Enquanto os jogos do Mundo das Trevas da White Wolf Publishing serão alinhados com futuros jogos de video-game de alta qualidade, e possivelmente a representação em outras mídias, as Crônicas das Trevas continuarão sendo “uma sensacional coleção de ferramentas para criar o WoD que você, Narrador, sempre sonhou”, de acordo com Martin Elricsson, o Narrador-Chefe da White Wolf Publishing.
Aparentemente, o material de cenário do Mundo das Trevas mudará seu foco da América para a Europa, o que faz sentido vindo de uma editora majoritariamente européia. Isso pode ser uma mudança bastante positiva para muitos jogadores, com a carga histórica do Velho Mundo acentuando o ar mítico das histórias, afastando um pouco do “a verdade de seu mundo por trás de uma pátina de normalidade”.
O livro básico de Crônicas das Trevas. Já a venda na DriveThruRPG (em pdf apenas, por enquanto).O livro básico de Crônicas das Trevas. Já a venda na DriveThruRPG (em pdf apenas, por enquanto).
Além de desenvolver o Mundo das Trevas diretamente, aparentemente a White Wolf Publishing também desenvolverá novas regras para LARP (Live Action Role-Playing). Pelo que pode ser visto nas mídias sociais, parece que as novas regras terão alguma influência da tradição dos LARPs dos países nórdicos. Tradição esta que é bastante admirada por muitos jogadores de LARP brasileiros mais dedicados.
By Night Studios, empresa responsável pela mais atual encarnação do Mind Eye’s Theatre (o sistema de LARP do Mundo das Trevas), ainda não pronunciou-se a respeito de seu papel nesta nova fase.
No release das Crônicas das Trevas, a Onyx Path ainda falou um pouco sobre os motivos práticos relacionados à concessão de licenças que contribuíram para a mudança:
Na hora de tentar promover a marca e vender a licença, conseguir interesse fora do hobby tem sido um pesadelo. Esse pessoal de Holywood ou tem uma atenção que só dura uns 3 segundos e meio e você tem que conquistá-los bem rápido, ou ficam buscando tudo o que você diz no Google durante a sua apresentação. O primeiro já foi pro mundo da lua antes mesmo de você explicar o N de Novo Mundo das Trevas, e o segundo vai encontrar páginas e páginas de informações parecidas, porém diferentes, enquanto pesquisa mais sobre Mundo das Trevas.

Comentários acerca da noticia: Definitivamente, esse é uma passo importantíssimo para o RPG conquistar novos jogadores, dessa vez através de outras mídias. Como vocês devem ter notado durante o texto, ficou claro que eles, tanto da Paradox Interactive quanto a WW e a Onyx querem tornar o MdT e NMdT o mais atraente possivel para Hollywood e para os jogos. É uma nova tentativa de invadir o mercado, como eles tentaram com um seriado (acho que ainda dá pra encontrar no Youtube o piloto,mas já vou avisando: É RUIM DE DOER AS "VISTA" !) e também com os jogos eletrônicos (como os já classicos Vampire: The Mascarade e o V: Bloodlines e o abortado MMO de Mundo das Trevas que eu já comentei aqui).

Esses empresários não são idiotas. Já anunciaram que D&D será rebootado e o filme se passará em Forgotten Realms, assim como novos jogos de PC virão. World of Warcraft vai estrear esse ano nos cinemas e aposto como com isso eles vão lançar uma porrada de atualizações no WoW e uma nova edição do RPG de mesa deles. É claro que eles não querem ficar pra trás e já estão de olho nesse filão.

Talvez, e isso é puro palpite meu, para não concorrer com os grandes blockbusters arrasadores do cinema, eles tentem lançar uma série/websérie que sai muito mais em conta do que um filme e dá mais possibilidades de lucro a longo prazo, devido a porrada de produtos derivados (posteres, Figure Actions, etc) que tudo quanto é viciado acaba comprando.

 Ah, e claro, também porque JÁ EXISTE UMA VERSÃO PIRATA NÃO OFICIAL DE WoD nos cinemas!
Pior é que a WW ainda perdeu o processo huehuehuehueuhuehue
Além disso, a galera fã de vampiros,lobisomens e afins tá ficando cada vez mais carente de atrações. Querem ver? Segue a lista:

Penny Dreadful: a que tem mais clima de WoD e melhor dessas aqui. Mas como se passa no seculo XIX, não dá pra emular exatamente o que é WoD.
The Vampire Diares já tá na ultima temporada (GRAÇAS A JAH!!)
True Blood: já terminou (eu era fã,mas depois que fui analisar friamente... tava afundando mesmo)
The Originals: achei um pouco melhor que The Vampire Diares. Enfase no UM POUCO!
Teen Wolf e Bitten: tão aí, mas ninguém liga
Constantine e Dracula: Foram pro saco preto do cancelamento
Being Human: tão boa que dropei na versão americana e na inglesa
Lost Girl: Quem???
Hemlock Grove: Quando alguém comentar que Netflix só faz coisa boa, mostra prá ele esse porre!
Supernatural: SEM. COMENTÁRIOS!

*Se tiverem outras, desculpe mas eu não conheço ou não assisti. Se quiserem podem falar sobre elas aqui nos comentários para eu poder averiguar!

Claro, e volto repetir, tudo isso aqui é especulação minha. Eles podem lançar um filme bom, fazer uns jogos medonhos - apesar da Paradox ser respeitada no meio, sempre pode rolar- fazer uma websérie que vire febre/passe batida etc. Só mesmo o tempo dirá. Enquanto isso, continue acessando este humilde blog por mais informações.